O Trabalho de Curso é exigência contida na Resolução n. 09, de 29 de setembro de 2004, que o adota como obrigatório para a obtenção do grau de bacharelado. Pelas suas especificidades, a monografia é a mais indicada forma de comprovação de aprendizado pelo aluno de Direito e foi adotada como Trabalho de Curso.

O Trabalho de Curso consiste na elaboração e defesa de uma monografia jurídica pelo aluno matriculado nos quatro últimos semestres do Curso de Direito, cujo conteúdo deverá demonstrar capacidade do discente em desenvolver um tema jurídico específico; elaborar um trabalho científico com nível de profundidade que permita a análise criteriosa do assunto escolhido; com estrutura definida por regulamento próprio e consequente defesa perante banca examinadora.

A atividade pressupõe a apreensão de conteúdo teórico nos três primeiros anos e é desenvolvida pelos alunos nos dois últimos anos do curso, sob orientação de um professor-orientador, especialista da área do tema objeto da monografia, conforme cronograma adotado por regulamento próprio pelo colegiado do curso.

Complementando as diretrizes propiciadas pela coordenação pedagógica, o Trabalho de Curso foi estruturado de forma a estimular os alunos a desenvolverem monografia jurídica com temas que envolvam interesses jurídicos específicos da região de Catanduva, e desenvolve-se vinculado ao Centro de Prática Jurídica, mas elaborado de forma integrada à pesquisa e à extensão universitárias.

Como característica do Trabalho de Curso, é necessário destacar que o aluno desenvolve pesquisa em três fases distintas, mas complementares, sendo que até o último dia útil do mês de março do ano em que estiver matriculado no sétimo semestre, o aluno protocolará o anteprojeto de pesquisa; até o último dia útil do mês de junho do ano em que estiver matriculado no sétimo semestre, o orientando protocolará o projeto de pesquisa e até o último dia útil do mês de junho do ano em que estiver matriculado no nono semestre, o aluno deverá entregar a versão definitiva da monografia para apreciação em banca examinadora.

Os professores-orientadores necessitam ter titulação mínima de mestre ou matrícula em curso regular de mestrado estrito senso e a banca examinadora será composta por três examinadores. Há um coordenador para gerir as atividades atinentes ao Trabalho de Curso.

O desenvolvimento e defesa da monografia propicia ao aluno 100 horas aula de atividades extracurriculares.

bcurso direito


R. do Seminário, 281 - São Francisco
Cep: 15806-310 - Catanduva / SP
(17) 3311-4800

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ALBINO - UNIFIPA

Main Menu