Para gerir e supervisionar a extensão universitária o curso mantém uma coordenadoria própria, cujo titular recebe remuneração específica, com expediente que inclui a gestão de atividades extracurriculares, organização de palestras externas e internas, reuniões e convênios, trabalhando de forma integrada com as demais coordenadorias nomeadas.

A extensão universitária do curso tem como finalidade propiciar à comunidade catanduvense o estabelecimento de uma relação de reciprocidade com a instituição, sendo integrada também, pelas Atividades Complementares. Para atingir seus objetivos, divide suas tarefas em duas dimensões: a extensão universitária propriamente dita e a extensão comunitária.

A extensão universitária propõe e organiza, sistemática e internamente, em parceria com as demais coordenadorias, várias atividades complementares, tais como palestras, congressos, seminários, simpósios etc., tendo já produzido uma gama extraordinária de eventos durante a existência do Curso de Direito.

A extensão comunitária privilegia as demandas regionais, focando suas atividades em projetos de trabalho com temas atuais, preparando os alunos para o contato externo e desenvolvendo várias atividades sociais.

Dentre eles, destaca-se o trabalho efetuado para divulgação das novas diretrizes do Código Civil, que foi desenvolvido em várias escolas e entidades assistenciais, aproveitando-se até do espaço propiciado pelo projeto Escola da Família, organizado pelo Estado de São Paulo em toda rede de ensino estadual.

Desde o ano de 2004 divulga em asilos, creches e escolas o Novo Código Civil, o Estatuto do Idoso e em 2006 iniciou a atividade voltada para os portadores de necessidades especiais. Em 2007 voltou sua atuação para a temática do Direito das Minorias, mantendo extensa atividade sobre o assunto. A partir de 2011 desenvolve atividades na área de direito do consumidor e Estatuto da Criança e Adolescente.

A atividade pressupõe a capacitação dos alunos, que fazem as palestras nos locais previamente indicados, sob a orientação da coordenadora de extensão.

Também de forma integrada com os demais cursos da instituição, realizou atividades com adolescentes do Colégio de Aplicação, mantido pela Fundação Padre Albino, ministrando palestras e promovendo debates com orientação dos professores do curso, resultando em uma melhor difusão dos conceitos de cidadania e de eficiente inserção social. As estatísticas e atividades realizadas estão inseridas nos anexos.

bcurso direito


R. do Seminário, 281 - São Francisco
Cep: 15806-310 - Catanduva / SP
(17) 3311-4800

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ALBINO - UNIFIPA

Main Menu