Últimas Notícias

01
fev

UNIFIPA esclarece sobre bolsas de estudo

        O Centro Universitário Padre Albino/UNIFIPA, neste início de ano letivo, esclarece à comunidade acadêmica sobre bolsas de estudo.             O aluno matriculado em um dos cursos oferecidos pode pleitear bolsa pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), programa do Ministério da Educação (MEC), criado pelo Governo Federal no ano de 2004, que concede bolsas de estudos  integrais e parciais em cursos de graduação, em Instituições de Ensino Superior Privadas, para estudantes brasileiros que não tenham o diploma de nível superior. É voltado aos estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou particular de ensino na condição de bolsistas integrais, com renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM em sua última edição.             O aluno que tenha o mesmo perfil exigido pelo PROUNI, conforme acima, pode pleitear bolsa integral (100%) e parcial (50%), concedidas pela Fundação Padre Albino, entidade privada filantrópica, sem fins lucrativos, mantenedora da UNIFIPA. Esse programa tem os limites registrados no "Edital de Abertura para Renovação e Concessão Bolsa de Estudos de Educação Superior" que se encontra no site da UNIFIPA.             Mais informações sobre bolsas de estudo podem ser obtidas diretamente na Rua dos Estudantes, 225, Parque Iracema, Catanduva, SP, Câmpus Sede da UNIFIPA.        
14
jan

UNIFIPA realiza Vestibular Unificado de Verão

O Centro Universitário Padre Albino (UNIFIPA) abriu inscrições para o Vestibular Unificado de Verão, que contempla os cursos de Administração, Agronomia, Biomedicina, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física Bacharelado, Educação Física Licenciatura, Enfermagem, Farmácia e Pedagogia. As inscrições são gratuitas e acontecem de 15 a 20 de janeiro, pelo site www.unifipa.com.br . As provas agendadas serão realizadas entre os dias 21 a 23 de janeiro, no Campus Sede (Rua dos Estudantes, 225) e no Campus São Francisco (Rua Seminário, 281). Os resultados serão divulgados no dia 25, em edital de classificação no site da UNIFIPA. As matrículas serão de 28 a 31 e aulas começam no dia 4 de fevereiro.
21
dez

CEPRAJUR realiza mais de 320 atendimentos jurídicos em 2018

O curso de Direito da UNIFIPA, através do escritório jurídico do CEPRAJUR – Centro de Prática Jurídica, realizou neste ano de 2018 mais de 320 atendimentos jurídicos à população carente. O projeto de assistência gratuita oferece práticas jurídicas aos seus alunos, por meio de atendimentos à comunidade, promovendo a solução de conflitos e orientação de direitos e obrigações aos que procuram o serviço. De acordo com o coordenador do escritório, Prof. Donizett Pereira, os assuntos mais recorrentes durante as 328 consultas envolveram o Direito de Família (separações, divórcio etc.), Direito Imobiliário (aluguel, registro de imóveis) e Direito do Consumidor (reclamações de serviços e produtos). “Ao identificar a problemática do nosso atendido, procuramos orientar e solucionar. O nosso projeto, em parceria com o CEJUSC, realiza audiências de conciliação, principalmente sobre direitos dos consumidores, a fim de evitar prejuízos e protelações”, explica o professor. A atividade de responsabilidade social do Centro Universitário Padre Albino conta com a parceria da Associação Pão Nosso, da Paróquia Imaculada Conceição, e com as estruturas do PROCON de Catanduva. “A ação é contemplada pelas exigências do MEC e atende às expectativas tanto dos alunos, que adquirem experiência ímpar de atendimento direto a clientes, quanto da comunidade carente do bairro Solo Sagrado” ressalta. O CEPRAJUR está localizado na Rua São Leopoldo, 80, ao lado da Paróquia Imaculada Conceição, com funcionamento das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira.    
19
dez

Hospital Padre Albino vence a gincana dos 100 anos

          A Equipe Branca, do Hospital Padre Albino, venceu a I Gincana Socioeducativa da Solidariedade, que encerrou as comemorações dos 100 anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. A final, com apresentação do jornalista Cristiano Geraldi, foi realizada no dia 15 de dezembro, a partir das 8h30, nas quadras do Complexo Esportivo Prof. Ivo Dall1’Aglio da UNIFIPA.             Oito equipes, que já haviam cumprido seis provas desde agosto, disputaram a final. A primeira prova foi a atividade de socialização, “Terremoto”, conduzida pelo Prof. Marcus Vinícius Seixas, e todas equipes receberam 100 pontos. Na segunda prova, Desafio matemático, quatro membros das equipes resolveram cinco desafios. A Equipe Azul (PAS) foi a vencedora, seguida da Roxa (Colégio Catanduva) e Preta (UNIFIPA). A prova “Telefone sem fio” foi vencida pela Equipe Branca (Hospital Padre Albino), que passou corretamente entre seus membros a frase de Padre Albino “Desejo, com toda sinceridade, morrer inteiramente pobre, sem dinheiro, sem bens, sem dívidas e sem pecado”. A prova surpresa, “Travessia”, conduzida pelo Prof. Marcus Seixas e alunos dos cursos de Educação Física – Bacharelado e Licenciatura da UNIFIPA, não teve vencedoras.             A última prova da final foi o “Quiz” com base no livro “Monsenhor Albino Alves da Cunha e Silva – Apóstolo da caridade”. Três membros de cada equipe responderam as 19 perguntas; a resposta certa valia 200 pontos. A vencedora foi a Equipe Preta (UNIFIPA), seguida da Branca (HPA); Roxa (Colégio Catanduva) e Vermelha (Coordenadoria Geral); Verde (HEC); Azul (PAS) e Pink (AME) e Amarela (Recanto Monsenhor Albino). Por fim, todas as equipes foram chamadas ao palco para o Grito da torcida e ganharam 100 pontos.             O resultado final da gincana foi este: 1º - Equipe Branca – Hospital Padre Albino – 37.394,5 pontos 2º - Equipe Verde – Hospital Emílio Carlos – 22.869 pontos 3º - Equipe Preta – UNIFIPA – 22.228 pontos 4º - Equipe Azul – PAS – 21.504 pontos 5º - Equipe Pink – AME – 12.247,6 pontos 6º - Equipe Vermelha – Coordenadoria Geral – 9.293 pontos 7º - Equipe Amarela – Recanto Monsenhor Albino – 8.448 pontos 8º - Equipe Roxa – Colégio Catanduva – 6.449 pontos Além do troféu, os membros da Equipe Branca concorreram a um tablet, sorteado para Juliana Fachim, e todos os funcionários do “Padre Albino”, inclusive os integrantes da equipe, participaram do sorteio de um dia de folga, num total de 15 folgas (número de integrantes da equipe).             Encerrando a gincana, o presidente da Diretoria Administrativa da Fundação Padre Albino, Dr. José Carlos Rodrigues Amarante, disse que, para ele, aquele dia para jamais será esquecido, pois havia concretizado um sonho, pois desde que assumiu, em 2012, desejava promover uma confraternização com o maior número possível de funcionários. “No final do ano passado resolvemos refazer as contas e chegamos à conclusão que daria para realizar uma bela confraternização, ainda que não conseguíssemos reunir todos os funcionários”, ressaltou. “O principal motivo para esse esforço foi justamente os cem anos da chegada de Padre Albino a Catanduva. Quem pôde participar é testemunha viva do que foi esta primeira de muitas, espero, confraternização geral dos funcionários da FPA”, finalizou.             Antes e durante a festa de confraternização, da qual participaram 1.150 funcionários, foram sorteados 300 brindes para os que responderam um questionário com perguntas relacionadas à Fundação. A manifestação da funcionária do Museu Padre Albino, Maria Eduarda de Magalhães, expressa o sentimento de todos os funcionários, que só tinham elogios para a confraternização. “Pude ver o quão grandiosa essa família se tornou, com tantas pessoas empenhadas e capacitadas a fazer o bem. O evento foi maravilhoso em termos de organização e de iniciativa, já que reuniu todos os departamentos em uma grande festa. Padre Albino estaria muito feliz por ver que o sonho dele hoje é a realidade de muitas pessoas. Gratidão é a palavra que descreve o grandioso evento!"

bcurso direito


R. do Seminário, 281 - São Francisco
Cep: 15806-310 - Catanduva / SP
(17) 3311-4800

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ALBINO - UNIFIPA

Main Menu