Últimas Notícias

05
abr

Docente da UNIFIPA integra corpo permanente do Programa de Pós-Graduação da UNIFESP

A Profa. Dra. Ana Paula Girol é, desde 2014, membro do corpo docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Biociências da UNESP de São José do Rio Preto, como orientadora de mestrado e doutorado. No início deste ano, Profa. Ana Paula foi aceita como docente do corpo permanente do Programa de Pós-Graduação em Biologia Estrutural e Funcional da UNIFESP/SP, onde poderá orientar mestrado e doutorado e supervisionar pós-doutorado. “A ligação com esses programas é importante para o crescimento das pesquisas institucionais da UNIFIPA e possibilita a obtenção de títulos em pós-graduação strictu sensu de docentes, egressos e técnicos da nossa instituição”, comemorou a Profa. Ana Paula, que é pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UNIFIPA.
01
abr

COMUNICADO IMPORTANTE

O Centro Universitário Padre Albino - UNIFIPA reafirma as recomendações sobre cuidados preventivos e de distanciamento social.
26
mar

‘Guarda do animal em caso de divórcio’ é tema de palestra do curso de Direito UNIFIPA

Quando não há consenso entre as partes cabe ao judiciário decidir como será a guarda   A quem cabe a guarda do animal de estimação após a separação? Você sabia que, quando não há consenso entre as partes, cabe ao Judiciário decidir como será a guarda? O curso de Direito da UNIFIPA promove neste sábado, 27 de março, a palestra “Família multiespécie: a disputa da guarda do animal de companhia em sede de divórcio ou dissolução da união estável”, às 9h. A palestra será ministrada pela Profa. Ma. Márcia Maria Menin, por meio da plataforma ZOOM, voltada para os alunos do curso, com emissão de certificado.  O tema é baseado no Projeto de lei do Senado nº 542, de 2018, que dispõe sobre a custódia compartilhada dos animais de estimação nos casos de dissolução do casamento ou da união estável, autoria da senadora Rose de Freitas (PODE/ES). "Este tipo de disputa é cada vez mais recorrente no mundo da pós-modernidade e envolve questão bastante delicada, examinada tanto pelo ângulo da afetividade em relação ao animal e também pela necessidade de sua preservação como mandamento constitucional; por isso deve-se tratar com muita cautela", relata a palestrante.  (Foto Divulgação)
19
mar

COMUNICADO IMPORTANTE

REFORÇAR NUNCA É DEMAIS 19/03/2021

bcurso direito


R. do Seminário, 281 - São Francisco
Cep: 15806-310 - Catanduva / SP
(17) 3311-4800

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ALBINO - UNIFIPA

Main Menu