Cursos Livres 2022
    Formulrio - Covid-19 Alunos
    Guia de retomada segura das atividades
    Vagas Remanescentes - 1 Semestre 2022

Últimas Notícias

17
mai

Para desembargador, selo da OAB torna o curso de Direito Unifipa serviço de utilidade pública de toda uma região

    CURSO DE DIREITO/UNIFIPA RECEBEU O DESEMBARGADOR DR. NARCISO ORLANDI NETO, REFERÊNCIA NACIONAL EM DIREITO NOTARIAL E REGISTRAL     Dr. Narciso Orlandi Neto (Foto: Comunicação & Marketing FPA)   Um dos nomes mais importantes da atualidade na área Notarial e Registral (cartórios e tabeliões), Dr. Narciso Orlandi Neto esteve em Catanduva para ser homenageado e ministrar a aula inaugural do curso livre “Direito Notarial e Registral: Temas relevantes”, como parte das atividades de extensão e cursos livres de graduação em Direito da Unifipa. A aula aconteceu no dia 13 de maio, no campus São Francisco, com mais de 60 inscritos, entre graduandos e profissionais advogados.   Num momento de bate-papo antes da aula, o desembargador e juiz titular da 1ª Vara de Registros Públicos da Capital falou sobre essa área tão promissora para quem busca a carreira jurídica de direito público. Dr. Narciso também é juiz auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça. “Sempre vamos depender de um cartório na vida. Desde que nascemos, casamos, adquirimos algo, passamos algo, até quando morremos o cartório se faz presente. O meio jurídico precisa entender essas regras legais; saber instruir seus clientes sobre os direitos e deveres é primordial”, explica Dr. Narciso, que aponta que a carreira jurídica nesta área é de suma importância.   Perguntado sobre as diversas alternativas em que o Direito se faz prevalecer à necessidade do cliente, muitas vezes subtraindo a percepção cartorária em prol de um senso comum, o magistrado ponderou falando sobre o exemplo dos contratos particulares ‘de gaveta’, vício tão comum, principalmente em nossa região, com muita facilidade de financiamentos imobiliários. “Este tipo de prática jurídica existe para facilitar o repasse de um bem para outra pessoa, sem que exista os trâmites legais do ato, como a transferência da dívida e a matrícula no cartório. Para nós o bem ainda é da primeira pessoa; portanto, todas as eventuais demandas sobre o bem recaem nela”, alertou, citando um exemplo clássico: “Você está morando num imóvel repassado por meio de um contrato de gaveta (sem validade registral); se o proprietário por direito falece, seus dependentes mais próximos têm por direito requerer o bem como recebimento de herança, não tendo validade de posse nenhuma para o que estava no imóvel”.   O curso de Direito da Unifipa recebeu o ‘Selo OAB Recomenda’, indicador da Ordem dos Advogados do Brasil que assegura, juntamente com o Exame de Ordem, que a instituição forma profissionais do Direito devidamente capacitados para o exercício da profissão. Dr. Narciso comemorou a indicação. “A Ordem nunca distribui este Selo sem antes profunda investigação do curso, da instituição e dos seus graduandos. Portanto, a Unifipa e seu curso de Direito receberam não só uma indicação de que é uma boa faculdade, mas recebeu da Ordem dos Advogados do Brasil um certificado de utilidade pública, pois daqui sairão profissionais com profunda bagagem jurídica para atuarem em todas as esferas, seja pública, privada e federal”.   O curso de Direito da Unifipa possui nota 4 de excelência no MEC (índice de 1 a 5), sendo um dos cursos privados da região com mais aprovações na OAB.   Narciso Orlandi Neto - Desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de São Paulo, advogado, juiz titular da 1ª Vara de Registros Públicos da Capital e juiz auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça. Conselheiro da Escola Paulista da Magistratura em dois biênios. Coordenador do Estágio dos Estudantes de Direito no Foro da Capital. Revisor da versão original das Normas de Serviço da Corregedoria Geral da Justiça. Juiz do Segundo Tribunal de Alçada Civil (1987) e desembargador do Tribunal de Justiça (1999). Sócio do escritório Lobo e Orlandi Advogados. Assessor jurídico de cartórios de Registros Públicos e Tabelionatos. Professor do Centro de Extensão Universitária (Direito dos Contratos e Direito Notarial e Registral Imobiliário) e do Curso Marcato. Ex-assessor jurídico do Instituto de Registro Imobiliário do Brasil (IRIB).    
16
mai

Direito Unifipa inicia curso livre Direito Notarial e Registral

O curso de Direito do Centro Universitário Padre Albino/Unifipa iniciou na última sexta-feira 13 de maio, as aulas do curso livre “Direito Notarial e Registral”, destinado a graduandos, egressos, profissionais da área e aos que atuam com atividade cartorária. A primeira aula foi “Alienação Fiduciária em Garantia”, com o homenageado do curso Prof. Dr. Narciso Orlandi Neto. Além da palestra do Prof. Dr. Narciso, os participantes também tiveram aula sobre o mesmo tema com o Prof. Me. Assuero Rodrigues Neto, oficial de Registro das Pessoas Naturais e Tabelionato de Notas de Palmares Paulista/SP e professor do Direito/Unifipa. No sábado, 14, o professor especialista Rafael Spínola Castro, do Tabelião de Notas de Ipiguá/SP, ministrou a aula “Tributação nas operações imobiliárias”. As aulas estão sendo aplicadas de maneira presencial e ao todo serão doze encontros, seguindo até 25 de junho, sempre às sextas-feiras, das 18h às 23h, e aos sábados das 8h às 13h, com duração de 5 horas por aula e carga horária de 60 horas. Os encontros são no Campus São Francisco, na Rua Seminário, 281, em Catanduva-SP e o próximo já está marcado para o próximo dia 20.   Homenageado O homenageado pelo curso, Dr. Narciso Orlandi Neto, é desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de São Paulo, advogado, juiz titular da 1ª Vara de Registros Públicos da capital e juiz auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça, Conselheiro da Escola Paulista da Magistratura em dois biênios, coordenador do estágio dos estudantes de Direito no Foro da Capital, revisor da versão original das Normas de Serviço da Corregedoria Geral da Justiça, juiz do Segundo Tribunal de Alçada Civil (1987) e desembargador do Tribunal de Justiça (1999), além de sócio do escritório Lobo e Orlandi Advogados, assessor jurídico de cartórios de Registros Públicos e Tabelionatos, professor do Centro de Extensão Universitária (Direito dos Contratos e Direito Notarial e Registral Imobiliário), professor do Curso Marcato e ex-assessor jurídico do Instituto de Registro Imobiliário do Brasil (IRIB).  
11
mai

Marcos Murari, diretor da Cocam, é o 2º convidado do Mentoring Unifipa

Neste dia 9 de maio foi realizado o 2º Mentoring Unifipa Catanduva. O convidado foi o diretor administrativo da Cocam – Cia. de Café Solúvel e Derivados, Marcos Marcelo Murari, graduado pela UNESP de São José do Rio Preto na 1ª turma de Engenharia de Alimentos. A trajetória profissional de Murari começa em 1988 estagiando na Cocam. Em 1989, ano de sua formatura, iniciou as atividades naquela empresa como engenheiro trainee, atuando por 21 anos na área industrial, passando por funções como supervisão, engenharia de processos, gerência de P&D e gerência industrial. Nesse período foram várias especializações, destacando Gestão Empresarial pela FGV, Gestão de Produção pela UFSCAR e Engenheiro de Segurança do Trabalho. Em 2009 foi convidado para a área administrativa da Cocam, onde está até hoje, atualmente como diretor administrativo. Em função dessa mudança de função veio a segunda graduação, Direito pela Unifipa, concluída em 2016. Marcos é casado, tem 55 anos, dois filhos e está há 33 anos na Cocam. Marcos começou a palestra falando um pouco de sua vida em sala de aula. Aluno do “fundão”, disse que foi o lugar onde mais gostou de estudar e que é muito importante para comunicação, onde as informações muitas vezes chegam cortadas, picadas, fazendo com que o aluno desenvolva melhor maneira de interação com o professor. Cumprimentou a esposa, Rita Murari, pela companhia de todos os anos e aconselhou os presentes sobre a importância de estabelecer laços, seja em casamentos, amizades ou empresas, sempre compartilhando momentos únicos entre si. Murari disse que sempre foi filho da escola pública, do qual se orgulha muito, dizendo que ela trouxe muita bagagem para sua vida, inclusive contribuindo para estar onde está. Ressaltou também a importância de entender os momentos de mudanças da empresa, a necessidade que a empresa está passando e estar preparado para quando chegar a hora de promoção na carreira. “Esperar acontecer para correr atrás nem sempre dá certo”, disse. Em sua vida sempre achou que tivesse nascido para ser engenheiro. Muito cartesiano e com olhar melhor para exatas, disse que seu pai queria que fosse advogado. Anos mais tarde passou no curso de Direito, realizando o desejo antigo do pai. “Quando senti essa necessidade de mudança, me preparei e entrei na função que precisava ser exercida”, conta Murari. O 2º Mentoring, apresentado pelo jornalista Cristiano Geraldi e organizado por Janaina Rogante Huck, da área de negócios da Unifipa, teve a presença dos cantores Martha Ocon e Gabriel Yanni Ocon animando o evento e contou com a participação do reitor da Unifipa, Dr. Nelson Jimenes, Cristiane Procópio de Oliveira, diretora de Educação e vice-reitora, coordenadores dos cursos da instituição e colegas de trabalho do palestrante. Ao final foram entregues mimos para o palestrante e sua família.
06
mai

Direito Unifipa leva a palestra “Direito à Felicidade” para alunos da Pedagogia

No último dia 29 de abril, alunos do 1º ao 3º ano do curso de Pedagogia do Centro Universitário Padre Albino/Unifipa assistiram à palestra “Direito à Felicidade: ensino de habilidades interpessoais”, ministrada no Campus Sede pelo grupo de extensão “Controle social dos gastos públicos” do curso de Direito da Unifipa, sob coordenação da Profa. Ivana Mussi Gabriel. Os palestrantes abordaram questões relacionadas aos casos julgados de repercussão nos tribunais superiores a respeito da temática do direito à felicidade. A parceria entre os cursos de Pedagogia e Direito oportunizou a troca de conhecimentos de forma interdisciplinar, trazendo à discussão questões que afetam a sociedade atual, com foco na garantia dos direitos fundamentais do ser humano e sua relação com o direito à felicidade, permitindo aos estudantes refletir sobre aspectos inerentes à atuação profissional dos pedagogos em diferentes contextos, especialmente nos espaços escolares. A Profa. Dra. Silene Fontana, pró-reitora Acadêmica da Unifipa, docentes do curso de Pedagogia e a coordenadora do curso, Profa. Dra. Maria Silvia Azarite Salomão, também assistiram à palestra.

bcurso direito


R. do Seminário, 281 - São Francisco
Cep: 15806-310 - Catanduva / SP
(17) 3311-4800

Main Menu